quinta-feira, 16 de junho de 2011

Artesãos piauienses lançam novos produtos no mercado


Peças são criadas sob o olhar atento de arquitetos e designers
Antônia Pessoa
Mais de cem novos produtos artesanais serão inseridos no mercado piauiense como resultado das consultorias realizadas pelo Projeto Casa Piauí Design, junto a vinte e quatro unidades de produção do Estado.

“O Casa Piauí Design é um projeto muito importante para o crescimento da atividade artesanal no Estado, já que foca a inovação. Através dessa iniciativa, os artesãos aprendem novas técnicas de design e desenvolvem produtos com qualidade cada vez mais elevada, o que proporciona um excelente poder de competitividade às peças. O artesanato do Piauí tem conquistado o mercado, surpreendendo consumidores e profissionais de arquitetura, design e decoração”, afirma o diretor técnico do Sebrae no Piauí, Delano Rocha.

Dezesseis profissionais de arquitetura e design estão visitando as unidades de produção, realizando oficinas criativas. Juntamente com os artesãos, os arquitetos e designers criam as coleções que serão apresentadas na mostra do projeto, que é executado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, Sebrae no Piauí.

“Estamos na fase de concepção e confecção das peças. A previsão é de que os protótipos estejam prontos até o final da próxima semana. Cada unidade de produção apresentará uma coleção com cinco produtos com design inovador e valor agregado”, informa a gestora do Projeto Casa Piauí Design, Rosa de Viterbo Cunha.

As peças criadas serão expostas e comercializadas durante a Mostra Casa Piauí Design, que acontecerá de 18 a 30 de julho, na Praça de Eventos do Teresina Shopping. O evento será composto de trabalhos de artesãos de Teresina, Campo Maior, Pedro II, Luís Correia, Buriti dos Lopes, Parnaíba, Monsenhor Gil, Castelo do Piauí, Coronel José Dias, Batalha e Floriano.

A grande novidade do Casa Piauí Design, que este ano chega a sua oitava edição, é que as peças serão premiadas por tipologia. A mudança foi implementada após avaliação técnica, em que foram detectados os pontos fortes e fracos do projeto. Os critérios analisados são grau de inovação, adequação econômica, grau de adequação ambiental, grau de adequação cultural e qualidade percebida.

“Estamos sempre buscando fazer mais e melhor, por isso resolvemos mudar a forma de seleção dos vencedores. Isso deu um novo gás ao projeto e motivou ainda mais os artesãos a participarem do Casa Piauí. Além da premiação por tipologias, outra grande novidade é que os trabalhos serão julgados por um profissional de renome nacional”, declara Rosa.

A coordenação do projeto está sob a responsabilidade dos arquitetos Clarissa Borges e Gualberto Júnior. Júnior também desenvolverá o projeto da mostra, que será montada em uma casa cenográfica e conceitual, onde as peças desenvolvidas vão fazer parte da ambientação.

“É uma forma de dar maior visibilidade aos produtos, mostrando como eles podem compor os ambientes. Lá o visitante vai ter uma visão real da utilidade de cada peça e como elas ficam no espaço”, explica Rosa.

Segundo Gualberto Júnior, os ambientes da casa cenográfica darão idéia de sala de jantar, cozinha e quarto. “Os produtos estarão inseridos nesses espaços. Serão peças com foco no mercado, valor agregado e adequadas à realidade de cada unidade de produção, mantendo a identidade do trabalho dos artesãos”, explica o arquiteto.

A mostra, que deve ser lançada até o final deste mês, reunirá peças em cerâmica, bordados, cestarias, trançados, biojóias, tecelagem e madeira.

“Estamos na fase de desenvolvimento das peças. Serão produtos com foco na decoração, como luminárias e aparadores. Através do Casa Piauí temos a oportunidade de criar novos produtos, através da união da experiência acadêmica dos arquitetos e designers e o fazer artesanal. O planejamento da criação resulta em peças de qualidade e boa aceitação no mercado, o que alavanca a comercialização”, destaca a presidente da Cooperativa de Artesanato do Poti Velho, Cooperart Poti, Raimunda Teixeira.

Na loja, que funcionará no Teresina Shopping, durante o período da mostra, os visitantes vão encontrar todas as peças criadas para o projeto. Serão mais de quatrocentos produtos disponibilizados para o público.

“O trabalho está sendo bem desenvolvido com a supervisão do designer Tupi Neto. Já estamos confeccionando as peças que serão apresentadas na mostra. Serão luminárias em palha de carnaúba. O Casa Piauí proporciona inovação ao artesanato. A minha expectativa é que nossos produtos tenham ainda mais aceitação no mercado e espero também ganhar o prêmio da minha tipologia”, afirma a presidente da Associação dos Artesãos em Trançados da Ilha Grande de Santa Isabel, Serrate Gonçalves.

A Mostra Casa Piauí Design conta com a parceria do Governo do Estado, através do Programa de Desenvolvimento do Artesanato Piauiense, Prodart; e da Fundação Wall Ferraz, órgão ligado à Prefeitura Municipal de Teresina.

Serviço:
Unidade de Marketing e Comunicação do Sebrae no Piauí: (86) 3216-1356
Agência Sebrae de Notícias Piauí: (86) 3216-1325

Nenhum comentário: